Kayuá


O IMAGINÁRIO DE TODOS NÓS

Ao receber os originais de O Imaginário da Floresta, recentemente lançado pela Martins Fontes (www.martinsfontes.com.br) para que fizesse sua apresentação, imediatamente vieram na memória personagens como o Tibicuera de Érico Veríssimo ou A Vaca Voadora de Edy Lima; além, obviamente, do turma do Sítio de Lobato e do Herói sem Nenhum Caráter de Mário de Andrade. Porque todos - e muitos mais - foram a base sobre a qual fundaram-se os alicerces de minha vivência literária. Pois agora, Vera do Val - a autora deste Imaginário e amiga muito querida  - recupera um pouco desta identidade nacional no gênero infanto-juvenil, dominada atualmente por bruxos europeus adolescentes, anéis mágicos e guarda-roupas encantados, universos distantes da realidade tupiniquim. O Imaginário da Floresta é dedicado aos curumins que matam a sede nas escuras águas do Rio Negro, mas também é dos moleques da Sé e da Candelária, dos guris que correm na pampa sulista, dos manezinhos da Ilha e dos meninos da Pampulha. Bebem no leito místico do Amazonas, mas miram-se igualmente nos espelhos do Paraná, do Araguaia, do Velho Chico e do Tietê. Esta grande floresta de que nos fala Vera do Val é toda ela a terra do Pindorama, onde canta o sabiá. Este é o imaginário de todos nós.

O IMAGINÁRIO DA FLORESTA, Vera do Val, Ed Martins Fontes, 2007, 96 pgs.

marcelo d´ávila

 



Escrito por marcelo às 17h47
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
Outros sites
  Rosebud
  O Caixote
  Branco Leone
  Cadernos de Bélgica
  Rafael Duarte
  Blog do Conto
  Agrestino
  Clube das Almas Inquietas
  Maria Helena Bandeira
  Marta Rolim
  Palhaço Bocudo
  Rubens da Cunha
  Plátanos Coloridos
  Digressiva Maria
  Fábio Rocha
  Mudança de Ventos
  Udo Baingo - Água Marinha
  Daisy Melo - Olhos do Sol
  Rapidinhas da OE
  Phlavyus - Tente Outra Vez
  Neurotóxicos - Celina Portocarrero
  Malditas Mulheres
  Diário de Bordo - aventuras de uma gaúcha na terra de R. L. Stevenson
Votação
  Dê uma nota para meu blog